Hotéis “verdes” são diferentes dos outros?

Postado por:
em: 26/01/2010
Categoria(s): Regulamento

O hotel Viceroy Snowmass (www.viceroyhotelsandresorts.com/snowmass), que abriu na área de esqui de Aspen no final de 2009, é um dos poucos hotéis americanos (hoje podemos contar cerca de dez em todo o país) elegíveis para a certificação LEED.

LEED é um sistema de certificação internacionalmente reconhecido, semelhante às séries mais conhecidas ISO : 9.000 de Certificações de Qualidade e ISO : 14.000 de Meio Ambiente, que avalia se o projeto e a construção de edifícios seguem diretrizes orientadas para a redução de indicadores importantes quando falamos de ecologia: resíduos, sistemas elétricos, água, aquecimento e ventilação mais eficiente e até a melhoria da qualidade do ambiente interno do prédio. Já existem diversos edifícios com certificação LEED no Brasil, mas somente edifícios comerciais e alguns residenciais, ainda em desenvolvimento.

A indústria do turismo de inverno é uma das mais preocupadas com o aquecimento global. O diretor de sustentabilidade da Aspen Skiing Company Auden Schebdler, escreve em seu livro Getting Green Done o paradigma a que esta indústria está exposta: “em nossos resorts teremos que fazer cada vez mais neve artificial para nos mantermos no negócio em tempos de aquecimento global, o que nos custa mais dinheiro e demanda cada vez mais energia, o que contribui para o aquecimento, que nos exige mais neve artificial. Estamos canibalizando o clima do qual dependemos para continuar operando, comendo nossa própria cauda para nos mantermos vivos”. É nesse contexto que o Viceroy Snowmass se diferencia dos demais hotéis de esqui.

O hotel é o primeiro da rede Viceroy, que tem unidades no Caribe, Flórida e Califórnia, a contar com um diretor de Sustentabilidade, que trabalha junto com a equipe operacional –A&B. Manutenção etc. – na busca de alternativas mais ecológicas. “Nos quartos não colocamos garrafas de água a não ser que o hóspede peça, mas deixamos uma garrafa de vidro com água filtrada, reduzindo assim o lixo. A mesma idéia está nas amenities dos banheiros, onde temos potes grandes de xampu, condicionador e sabonete líquido, repostos e higienizados para cada hóspede, mas sem ter que ficar jogando fora pequenos frascos sempre”. Diz Ryan Johnson, o jovem de 25 anos, com formação em Harvard, que está à frente desta nova área da hotelaria em Aspen. Além disso, o hotel compra energia limpa e prepara a solução de limpeza usada, faz um mapeamento de uso de energia e de disposição de resíduos e não cobra o estacionamento de hóspedes que chegam com carros híbridos, além de outras ações.

Viceroy_snowmass

 

.