Jordânia – Uma ilha de paz no Oriente Médio

Postado por:
em: 10/04/2013
Categoria(s): grandes destinos, Notícia

por Silvia Citelli, operadora da Interpoint

Petra - Jordânia

Petra

Diferente do que muitos brasileiros ainda pensam, a Jordânia é um dos lugares mais seguros para se viajar no Oriente Médio. As paisagens incomuns e a importância histórica farão da viagem a este país uma experiência única e carregada de beleza.

A religião mulçumana é nossa primeira imersão na cultura local que nos impacta docemente. O Adhan é um canto calmo e envolvente que ecoa por ruas e vielas chamando todos para rezar. De onde estiver, é fácil escutar essa oração que ocorre cinco vezes ao dia. Logo após o chamado, em frente às belas mesquitas, sapatos enfileirados nas calçadas distraem nossa atenção, e os mulçumanos descalços rezam voltados para Meca. A imponente túnica preta que cobre as mulheres por inteiro, incluindo muitas vezes, seus olhos, lembram ao visitante estrangeiro os traços de uma cultura milenar.

A capital Amã, conhecida como a cidade branca, faz jus ao adjetivo. Todas as casas possuem o tom bege, não se encontrando outras cores, nem anúncios, outdoors, tão característicos das grandes cidades do mundo.  A influência greco-romana completa o cenário, que pode ser considerado mágico. As qualidades desse país não acabam por aí. A poucos quilômetros de Amã localiza-se o Mar Morto. Em suas águas, mesmo os que não sabem nadar, podem ficar tranquilos, pois é impossível afundar. Antes desta brincadeira marinha, aproveite para tomar um bom banho de lama, que possui nutrientes essenciais para manter a pele rejuvenescida.

Partindo em direção ao Norte, outra parada fundamental é no deserto de Wadi Rum. Uma imensidade de areia com diversos tons avermelhados, de morros e rochedos que parecem pintados à mão, e de um céu extremamente estrelado.

Indiana Jones não poderia ter escolhido lugar mais cheio de história e aventura do que Petra para protagonizar seu filme. Os primeiros povos, os Edomitas, ocuparam a cidade em 1.200 antes da era cristã.  Os Nabateus a esculpiram e, desde então, diversas tribos passaram por ali. Considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, o passeio por Petra pode durar dias. O primeiro contato é geralmente feito pelo Petra by Night, quando se percorre um caminho iluminado por 1.800 velas até chegar à majestosa Câmara do Tesouro. O espetáculo não é só visual, mas permite quase uma vivência espiritual assim que o som da flauta começa a tocar, vinda de longe, das rochas ou talvez do céu.

Por fim, não podemos esquecer que na Jordânia, os aromas e as cores dos temperos locais formam tanto um espetáculo para os olhos como um estímulo ao paladar. Não deixe de experimentar os diferentes sabores que os simpáticos comerciantes oferecem nas lojas de temperos.

Gostou? Então, coloque em sua mala seu par de tênis mais confortável, ligue para a Interpoint e faça uma viagem inesquecível!

Confira o roteiro da Interpoint para a Jordânia: http://bit.ly/KZoghe