Utah x Colorado

Postado por:
em: 09/02/2011
Categoria(s): Regulamento

utah

Qual é o melhor lugar para esquiar nos Estados Unidos? A resposta não é tão simples. Há estações incríveis na Califórnia, Idaho, Wyoming e no Novo México. Existe, no entanto, uma certeza entre os esquiadores: a área onde estão localizados dois Estados vizinhos, Utah e Colorado, abriga os melhores complexos do país, verdadeiras estrelas da temporada de neve.

Esses destinos não são novidade para os turistas brasileiros. As estações americanas são conhecidas (e muito frequentadas) graças a instalações sofisticadas, serviços impecáveis, montanhas perfeitas. Como escolher, então, o lugar que tem o seu estilo? A resposta está nos detalhes.

Resorts em Utah e no Colorado têm características diferentes. Embora Utah conte com menos lugares para esquiar (são 14 estações contra 27 de Colorado), os experts garantem que a neve do Estado é a mais perfeita do mundo. Por outro lado, os que preferem Colorado não trocam por nada o glamour de lugares como Aspen e Vail, onde celebridades podem ser vistas descendo as montanhas e degustando drinques no après-ski, como se fossem meros mortais.

Utah tem outra peculiaridade: há estações exclusivas para esquiadores, onde snowboarders não têm vez. Os administradores desses dois resorts – Deer Valley e Alta – garantem que não é preconceito contra a turma do snowboard, geralmente mais jovem e acostumada a manobras mais radicais.

A explicação é que são “esportes diferentes”, com técnicas específicas. Segundo os esquiadores mais exigentes, os snowboarders, por causa das características da modalidade, costumam “cortar a pista” de um lado para o outro quando fazem curvas.

Essas manobras, quando realizadas por centenas de pessoas ao mesmo tempo, atrapalhariam as descidas dos esquiadores, pois os obrigaria a desviar e, com isso, reduzir a velocidade.

Apesar disso – ou talvez exatamente por causa disso -, Deer Valley e Alta foram consideradas duas das melhores estações para ski nos Estados Unidos. Para felicidade dos esquiadores – e desgosto dos snowboarders.

Por ter mais resorts de ski, o Colorado oferece uma variedade mais abrangente de estilos. Só em Aspen, por exemplo, há quatro montanhas com características bem distintas.

De um lado, Buttermilk, perfeita para iniciantes, e Snowmass, imbatível no número de pistas, acolhem experts e os que estão ensaiando os primeiros deslizes. Do outro, as radicais Aspen Highlands e Aspen Mountain (conhecida como Ajax), com terreno desafiador, pistas pretas e off-tracks, onde as crianças são raras e as celebridades podem se divertir anonimamente – se não houver brasileiros por perto.

Lembrando que o Colorado ainda tem Vail, outra montanha frequentada por famosos, e a charmosa Telluride, que começa a despontar como um refúgio paradisíaco. O comediante Jerry Seinfeld gostou tanto que acabou de comprar uma mansão ali.

Há mais critérios de comparação entre Utah e Colorado: gastronomia, hospedagem, vida noturna, compras. Novamente, tudo depende do seu estilo. O que é melhor, degustar um sushi do Matsuhisa, atualmente o restaurante japonês mais concorrido de Aspen, ou se deliciar com o carré de cordeiro com ervas do luxuoso Mariposa, em Deer Valley? Questão de gosto.

E em relação àquela parcela do público feminino que não liga para ski e quer apenas acumular sacolas? O que é melhor, as lojinhas charmosas de Telluride, no Colorado, ou o outlet Tanger, em Park City? Difícil dizer. Em época de recuperação econômica, a disputa entre os Estados garante paparicos e bons preços para o turista brasileiro. Só falta escolher a montanha.

Fonte: Jornal O Estado de SP

Dê sua opinião nos comentários!

Para mais informações: www.interpoint.com.br

Veja também:

A grande Muralha da China

Atacama