Patrimônio da humanidade

Postado por:
em: 08/03/2011
Categoria(s): grandes destinos

galapagos

De patrimônio cultural ameaçado a tesouro da humanidade, o arquipélago de Galápagos, no Equador, é um exemplo de que dá para conservar a beleza natural. O lugar saiu da lista de patrimônio ameaçado na Unesco neste ano, graças a ações desenvolvidas pelo governo. Com isso, ficam protegidas a flora e fauna da região, uma das mais ricas do mundo, e que inclui quase 60 ilhas repletas de animais como iguanas, pinguins e pelicanos.

Mas antes de planejar sua viagem a este local de sonho, informe-se bem sobre o pode-não-pode do lugar: não é permitido levar conchinhas e nem mesmo areia de uma ilha a outra, assim como também há um limite para o número de turistas em cada dia.

Agora que você já sabe, considere o seguinte roteiro nos cantões (subdivisão de cada lugar): começando o passeio pela Ilha Isabela, maior do arquipélago, vá à cidade de Puerto Villamil e solicite um guia para ir até o Vulcão do Lobo, onde pode-se contemplar uma incrível vista, a uma altura de 1.707 metros. De lá, pode-se escolher onde ir primeiro na volta à ilha: as praias, baías de águas cristalinas ou lagoas costeiras.

Na ilha de São Cristóvão, o destaque são as praias e locais de mergulho, em meio aos corais. Na capital do arquipélago, Puerto Baquerizo Moreno, vale ir ao porto natural e ao Centro de Interpretação da Natureza, com animais empalhados.

Em meio a tanta ilha deserta, a de Santa Cruz destoa, por abrigar a maior população humana do arquipélago, na cidade de Puerto Ayora. Funciona ali a Estação de Pesquisas Charles Darwin, um lembrete da passagem ao pai da Teoria da Evolução, que se inspirou em Galápagos, assim como o QG do Parque Nacional de Galápagos, onde funciona um centro de criação das famosas tartarugas gigantes.

Outros pontos de interesse de Puerto Ayora são as montanhas e túneis de lava, que abrigam populações de tartarugas. Ao longo da costa, também há iguanas e outros animais exóticos, como na região de Cerro Dragón, mais conhecida por sua lagoa de flamingos.

Também há locais além da praia que valem uma visita, como a cidade de Puerto Velasco Ibarra, uma das únicas onde se pode ver uma iguana longe da costa. Ver animais em centros urbanos em Galápagos é raro. Por sinal, não se pode nem mesmo tocar nestes bichos, para preservá-los da extinção.

Para mais informações: www.interpoint.com.br

Veja também:

Descubra onde fica o melhor hotel do mundo

Kruger Park